BrasilEleições 2018Notícias

STF: Lula quer ser julgado pela turma que soltou Dirceu; Fachin manda para recurso para plenário…

Todos os olhares atentos e voltados ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O recurso do ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula (PT), segue para o plenário do Supremo, depois do parecer da Procuradoria Geral da República, por decisão de Edson Fachin.

Com isso, o ministro relator da Lava Jato liberou para julgamento o recurso do petista contra a decisão que arquivou o seu pedido de liberdade, temendo – segundo bastidores – uma reviravolta na Segunda Turma.

Mas, advogados do petistas querem julgamento na Segunda Turma.

Fachin – que integra a Segunda Turma – havia arquivado a ação, o que gerou um novo pedido por parte da defesa do ex-presidente.

Para evitar uma nova apreciação nesta turma, no dia de hoje, Fachin pediu a inclusão do processo na pauta de julgamento. A responsabilidade de marcar a data é da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. Fachin resolveu encaminhar antes mesmo de manifestação do Ministério Público Federal.

De acordo com informações de bastidores, ele teme que a Segunda Turma o afaste do caso e solte o preso.

Vale lembrar: é a mesma Segunda Turma que concedeu liberdade ao ex-ministro condenado em segunda instância José Dirceu.

Em relação ao pedido, Edson Fachin decidiu pelo arquivamento depois do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) enviar o caso de Luiz Inácio Lula da Silva para o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Com isso, o pedido feito pela defesa de Lula passa a ficar “prejudicado”.

Porém, os petistas não desistem. A defesa pediu para que a Segunda Turma revisse a decisão de Fachin. Lula quer ter seu recurso apreciado pela Segunda Turma. É que a decisão em relação a Dirceu, encheu Lula de esperanças…

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Manda soltar todos os bandidos de uma vez, quem sabe assim as atenções saiam da copa para o país, para o STF. Tínhamos que estar nas ruas pedido a cabeça desses bandidos togados. O STF está mostrando-se mais perigoso que os próprios partidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close