fbpx

STF tem maioria para autorizar eleitor a votar mesmo sem portar título



O Supremo Tribunal Federal (STF), já tem maioria para autorizar o eleitor a votar mesmo sem portar título, apenas com a apresentação de um documento com foto.

A ação apresentada pelo (PT) em 2010, já recebe o apoio de seis ministros, segundo informou o jornal poder 360.

O objetivo é tornar a ação em caráter definitivo, uma vez que o Supremo já havia determinado isso em 2010, mas a decisão era provisória.

A ação, votada em plenário em 2010, está sendo analisada novamente agora, mas de maneira definitiva.

A votação é realizada em plenário virtual, sistema que permite os ministros postarem os votos por meio eletrônico, sem discutir o tema.

O julgamento foi iniciado em 9 de outubro, tendo a ministra Rosa Weber como relatora do caso.

“Ausência do título de eleitor no momento da votação não constitui, por si só, óbice ao exercício do sufrágio”, diz Weber ao defender seu voto.

O voto foi acompanhado pelos ministros, Celso de Mello (que votou antes de sua aposentadoria, na 3ª feira), Cármen Lúcia, Edson Fachin, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...