fbpx

Tabata Amaral quer partido que dê liberdade para defender centro-esquerda

 


A deputada federal Tabata Amaral anunciou ao vivo no programa Roda Viva de ontem (14), que vai deixar o PDT: “Já não é mais meu partido”.

Ela foi colocada na “geladeira” após votar a favor da Reforma da Previdência, indo contra a orientação do partido.  Tataba adiantou no programa informações que daria somente durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (15).

Segundo a deputada, ela, Flávio Nogueira (PI), Marlon Santos (RS) e Gil Cutrim (MA), que atualmente também são do PDT, além dos deputados do PSB Rodrigo Coelho (SC), Jefferson Campos (SP) e Felipe Rigoni (ES) vão entrar na Justiça Eleitoral para deixarem o partido sem perderem o mandato.

“O PDT quando decidiu nos suspender sem nenhum julgamento, disse que teria um prazo de dois meses para nos julgar. Isso fazem três meses. Passaram três meses em que estou suspensa, sem conseguir atuar de forma 100% efetiva na câmara”, disse.

Tabata também argumentou que não consegue dar andamento em seus projetos dentro do legislativo por conta da suspensão. Ela disse que chegou a cobrar respostas do presidente do PDT, Carlos Lupi, mas como não obteve retorno, decidiu entrar com a ação.

Questionada pelos jornalistas, afirmou não “ter ideia” de para qual partido deve ir. Tabata explicou que não conversou com nenhuma sigla e que tinha esperança de reverter a situação com o PDT.

“O que vou buscar a partir de hoje não é um partido que seja perfeito, mas que dê espaço para esta visão de centro-esquerda e que me permita construir um partido mais ético, democrático e transparente”, concluiu.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

16 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A pessoa se filia ao PDT, com o coroné Ciru e Carlos Lupi, e esperava o que? Tão ingênua…. tadinha dela, nem sabia onde estava se metendo. Tem que se lascar mesmo !!

  • “O que vou buscar a partir de hoje não é um partido que seja perfeito, mas que dê espaço para esta visão de centro-esquerda e que me permita construir um partido mais ético, democrático e transparente”
    Ou seja, ela jamais conseguirá, pois se é impossível um partido ético, democrático e transparente sendo de centro, imagina de esquerda.

  • Certa ela de buscar liberdade e um partido que se adeque mais a visão dela. Certamente no PDT do Coronel Ciro ninguém terá liberdade nenhuma.

  • Democracia significa poder ter qualquer opinião politica e não ser acusado de ser criminoso por este fato.
    Esta deputada não é pouca coisa . Fez faculdade nos EUA , mas ainda é muito jovem e idealista . Quando eu tinha a idade dela , era exatamente igualzinho a ela. Com o tempo , percebi que estávamos num naufrágio , igual ao Titanic , e é impossível salvar todos . Você precisa ter uma lista de prioridades, e assumir que não vai fazer tudo o que este país precisa.
    Ao sair do PDT , ela abriu os olhos pela primeira vez . O PDT é o resto do resto do resto da politicagem rasteira , antro de neo-coronéis nordestinos e antro de vermes como o Lupi, que teve seu momento de brilho quando a nefasta Dilma se encostava em qualquer coisa para não cair. E a “coisa” era o Lupi , para ver a que ponto chegamos.
    Muito bem Tabata , procure um partido aonde suas ideias seja aceitas , e mais que suas ideias , lute pelo Brasil e pelos brasileiros , pois o bem pode ser feito tanto com a mão direita como pela esquerda , mas o melhor resultado é quando unimos as duas em formato de concha , pois cabem muito mais coisas neste arranjo , e o Brasil precisa de tudo que pudermos lhe ofertar.

  • Todas as vezes em que a esquerda está se desmoralizando no mundo ou em algum lugar, sempre aparece uma carinha nova e bonita, palatável, para anunciar a nova esquerda limpinha, limpinha, para dizer que aquela velha esquerda não era a esquerda verdadeira, blá blá blá. Quando se vê o que ou quem está financiando, descobre-se que são os que se desgastaram ou possuem algum interesse político ideológico e/ou financeiro, como alguém que troca uma peça que perdeu a função por uma nova para trabalhar pelos ideais da causa seja lá qual for, até tudo ir de novo por água abaixo. E inicia-se um novo ciclo, sempre destrutivo inevitavelmente, é apenas questão de tempo.

  • Tadinha mer.. nenhuma!! Ela sabe o que faz e pq faz!
    Centro esquerda onde só há comunistas para todos lados? Difícil acreditar, ele a busca algum Soros da vida pra enfiar grana no bolso.

  • MAIS UMA COMUNISTINHA QUE QUER AUMENTO GRADUAL DE IMPOSTOS, RIQUEZAS PARA SUA ELITE QUE NÃO GOSTA DE TRABALHO(psdb E pt) E ESCRAVIDÃO AOS TRABALHDORES! NÃO SEI COMO TEM GENTE QUE VOTA NELA!

  • Pergunta que não quer calar:

    “Será uma boa estratégia para o PSL fazer um convite a estes ex-deputados do PDT que deixarão o partido?”

  • “Isso fazem três meses”
    Mas isso está entre aspas, indicando que foi algo que foi dito, não o que a escritora desse artigo escreveu.

  • Como uma boa esquerdista, deveria cobrir o corpo inteiro de tatuagem, 28 piercings, pintar o cabelo metade roxo metade laranja, e protestar com as tetas de fora.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...