NotíciasPolítica

Terrorista que tentou matar Bolsonaro estava atrás de seu filho

Carlos Bolsonaro seria o alvo inicial

Em vídeo postado no Youtube, o delegado Francischini afirma que a Polícia Federal fez avanços na investigação de Adélio Bispo, o comunista que tentou assassinar Bolsonaro.

Trazendo novas e surpreendentes informações, o delegado revelou em primeira mão que o comunista fez um curso de tiro caro (R$ 670,00), no estande Ponto 38 em Florianóspolis, com 30 tiros de revólver e 40 de pistola.

O curso foi marcado, com um grau de coincidência inaceitável, no mesmo dia em que Carlos Bolsonaro, vereador no Rio de Janeiro e filho de Jair, também faria um curso com um policial americano, no mesmo lugar e hora.

Em ligação para o delegado, Carlos afirmou que “talvez tenha escapado com vida porque não foi para o estande aquele dia“.

O fato se passou no dia 5 de julho de 2017.

Entre as revelações mais importantes, consta que o comunista Adélio Bispo apresentou atestado de sanidade mental, capacitando-o para o curso, o que descarta a hipótese de que ele seja doente mental.

“Cada vez essa história vai ficando maior, é um enredo impossível de dizer de um lobo solitário, de um desempregado, de um cara que fazia bico aqui, bico ali, de ter dinheiro para fazer, você imagina… 670 reais pro cara que era um servente de pedreiro, trabalhou de garçom… eu conheço muita gente séria, gente honesta, que são meus amigos, são serventes de pedreiro, que são garçons, e pra ganhar um salário mínimo é uma ralação… esse cara pagou 670 reais a vista! Em cash! Pra fazer um curso de tiro no mesmo dia que chegava Carlos Bolsonaro, pra fazer um curso com um policial americano.”

A hipótese é que se Bolsonaro tivesse perdido um filho naquele momento, não haveria candidatura dele à presidência.

Quem era o alvo?
Quem é Adélio?
Quem está por trás de Adélio?
Quem está por trás de 4 advogados?
Quem está por trás de 1 psiquiatra?
Quem é Adélio que paga em dinheiro suas contas?
Quem é Adélio que tem um cartão de crédito internacional e mais dois cartões?

Confira o vídeo

Ver mais

Ricardo Roveran

Aquariano bonitão. Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escreve por amor e nas horas vagas salva o mundo.

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Ao que tudo indica!

    Foi de caso pensado!

    Tramou tudo!

    Será que tem a mão do PT ou, vários grupos de esquerda estão envolvidos?

  2. Há muito coisa ainda a ser descoberto e revelado. Coisa grande e internacional, que com sua cordinha comanda a esquerda aloprada, por aqui. o LLuLLa***9drão) é só uma marionete nesta corda. O Bolsonaro e seu “projeto” estão na mira direta da esquerda, que está vendo seu poder se esvaindo pelas mãos, por conta da ganância do ptismo, que mudou o rumo da estória trassada por eles. Vendo nas pesquisas a grande diferença que existe entre eles, com uma perspectiva de 1º turno, e não vendo reação dos militantes, apelaram para um crime, que se encerraria com a morte do Adélio. Deu errado, tanto no atentado com no desfecho vivo dos dois. Agora estão de mãos amarradas e sem nada para combater. Mas ainda assim, conta com a boa vontade dos militantes, para tentar desfazer a cena do crime, e a desmitificação do autor funesto. Só que esta dando errado, mais uma vez. Estamos entrando num “tempo do agora” onde a LUZ Brilha intensamente e nada fica no escuro/obscuro/negativo, tudo está vindo rapidamente para a VERDADE. Sendo assim o final dessa estória vai mostrar o que foi montado nestes tempos passados, e o que vem para o futuro. Quanto falar a VERDADE tudo ficará mais claro e vivo, e acaba comas mentiras. Busque a VERDADE e apague a mentira de sua mente.

  3. Esse caso tem que ser resolvido, não pode de forma alguma cair no esquecimento: É questão de honra para a polícia Adélio é um terrorista e deve ser punido com todo rigor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close