Terroristas colombianos estão refugiados na Venezuela

Guerrilha Guevarista
 


Cerca de 1.100 membros do Exército de Libertação Nacional (ELN), se refugiam na Venezuela, foi o que disse o comandantes das Forças Militares da Colômbia nesta quarta-feira (8/5). O ELN conta 2.300 combatentes e uma extensa rede de apoio, segundo uma fonte do Comando das Forças Militares.

Estamos falando de mais ou menos 45 % do efetivo do ELN (…), uns 1.100 homens“, afirmou o general Luis Fernando Navarro a jornalistas na cidade caribenha de Cartagena.

Um alto oficial apontou que o comandante guerrilheiro, Gustavo Aníbal Giraldo, conhecido como Pablito, permanece na Venezuela, no estado de Apure.

O governo colombiano oferece uma recompensa de 1,3 milhões de dólares por Pablito, que é o homem com maior capacidade de fogo do grupo guevarista, de acordo com especialistas.

Desde o governo do ex-presidente Álvaro Uribe (2002-10), a Colômbia tem denunciado que Venezuela concede refugio ao ELN.

* Com informações de NTNamerica24.com

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Esse grupo e mais as FARCS contam com o apoio do governo bolivariano da Venezuela de Maduro, pois desde os tempos de Chaves q essa ditadura recebe grandes quantias de dinheiro dos narcotraficantes esquerdistas!!!

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...