A tragédia petista: agora que estamos comemorando o retorno a 2011 na economia

 


De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 1% no ano de 2017.

Esta é a primeira alta após dois anos de retração drástica. Eis a dimensão da tragédia dos governos petistas de Dilma Rousseff (PT). Estamos comemorando um crescimento que elevou o PIB, em valores correntes, a R$ 6,6 trilhões.

Na prática, após das quedas, voltamos aos patamares de 2011. Isso mostra que a economia começou a se recuperar, mas ainda não repõe as perdas ocorridas com a crise, já que nos anos anteriores a retração foi de 3,5% tanto em 2016, quanto em 2015.

Quem mais contribuiu para o crescimento foi o agronegócio que avançou 13%, sendo puxado por uma safra recorde. Sem esse setor, o crescimento do PIB seria de 0,3%. Os números mais uma vez mostram a mazela do pensamento socialista apesar daqueles que professam tal ideologia não se renderem à realidade.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...