fbpx

TRF-4 anula decisão de Moro e absolve ex-tesoureiro do PT

 


O Tribunal Regional Federal da 4ª região absolveu na noite de quarta-feira (26) o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira. Ele foi condenado por associação criminosa e lavagem de dinheiro pelo ex-juiz Sergio Moro, no âmbito da Operação Lava Jato.

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do recurso, e os colegas Thompson Flores e Leandro Paulsen consideraram por unanimidade que não havia provas suficientes para condenar Ferreira.

Paulo Ferreira ficou preso por pouco mais de seis meses, entre junho de 2016 e fevereiro de 2017.

Na época, Moro estipulou fiança de R$ 1 milhão para que o ex-tesoureiro deixasse a cadeia. Contudo, depois de a defesa alegar “incapacidade financeira”, o valor caiu para R$ 200 mil, graças à juíza substituta no Paraná, Gabriela Hardt. Para pagar a quantia, Ferreira vendeu um consórcio e dois carros.

O ex-tesoureiro do PT afirma que “sofreu”: “Esse episódio é página virada. Após sofrer prejuízos irreparáveis, quero retomar uma trajetória que não deveria ter sido interrompida”, disse.

Com informações- Revista Oeste

Assista aos comentários da notícia no Boletim da Noite desta terça-feira (27):

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...