Trump aumenta tarifas sobre produtos derivados de aço e alumínio de alguns países; Brasil está isento



O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na sexta-feira um aumento das tarifas sobre produtos derivados de aço de em 25% e uma elevação de 10% nos impostos sobre produtos derivados de alumínio.

Trump disse que Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, México e Coreia do Sul estão isentos das tarifas adicionais sobre produtos derivados de aço, e Argentina, Austrália, Canadá e México estão isentos das taxas adicionais sobre produtos derivados de alumínio.

Desde a imposição de tarifas, disse Trump, as importações de aço e alumínio caíram, mas as importações de produtos derivados, como pregos de aço e cabos de alumínio, aumentaram.

Trump disse que “os produtores estrangeiros desses artigos derivados aumentaram os envios desses artigos para os Estados Unidos, a fim de contornar os impostos sobre artigos de alumínio e artigos de aço”. Ele disse que o aumento das tarifas entrará em vigor em 8 de fevereiro.

(Da Reuters)

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...