MundoNotícias

Trump consegue dobrar o gigante chinês

Comentei no Twitter que seria um erro o PSL aceitar o convite do Partido Comunista Chinês e inclusive fiz uns dois vídeos sobre o assunto já em 2017 e outros nesse ano de 2018 (aqui, aqui e aqui). Posteriormente o PSL rejeitou o convite.

Algumas pessoas entenderam que o Brasil precisaria romper por completo com qualquer comércio internacional com a China da noite para o dia. O que certamente nenhuma pessoa em sã consciência diria. O que eu quis dizer foi exatamente o que fez Donald Trump. O que fez, entretanto, o presidente dos EUA?

Trump colocou a China contra a parede e impôs a necessidade dos EUA, diferente dos outros presidentes que antes de olharem para os americanos tomavam decisões voltando-se para a necessidade chinesa.

Sem dar mais detalhes do acordo, Trump anunciou que durante o G20 China e EUA negociaram ‘trégua’ na guerra comercial. A China aceitou “reduzir e eliminar” as tarifas dos automóveis importados dos Estados Unidos depois de estabelecer com o presidente chinês, Xi Jinping, uma trégua na guerra comercial entre as duas principais economias do mundo.

A China concordou em reduzir e eliminar as taxas dos automóveis que entram na China a partir dos EUA. Atualmente, a tarifa é de 40%“, escreveu Trump no Twitter.

As Bolsas da Ásia registraram alta nesta segunda-feira, após a notícia de que Washington e Pequim concordaram com uma trégua de três meses para não impor novas tarifas, enquanto negociam um acordo mais detalhado.

Donald Trump se comprometeu a não cumprir a ameaça de elevar de 10% para 25% as tarifas das importações de produtos chineses no valor de 200 bilhões de dólares a partir de 1º de janeiro.

Em troca, a China deve comprar uma quantidade “muito importante” de produtos agrícolas, de energia, industriais e outros bens dos Estados Unidos.

Trump ganhou mais uma vez, mesmo com toda a mídia fazendo ritual marxista-gramscista vestido como sacerdotes do culto socialista.

Tags
Ver mais

Allan Dos Santos

Pai, empresário, jornalista e apresentador do Boletim da Manhã no canal Terça Livre TV.

Artigos relacionados

8 Comentários

  1. Isso é mais uma vitória importante de Trump e com o vigor deste crescimento econômico dos EUA esperamos que impulsione o mundo a crescer novamente, para que Bolsonaro consiga tirar nosso país desta crise que os Esquerdopatas nos colocaram..

  2. Precisamos de algumas vozes, com as verdades que não são contadas, eu não vi na mídia essa matéria, nem no Facebook, a agenda globalista precisa ser comentada em nosso país, pelo população, ótima matéria Allan.

  3. Eu não sei o que nos aguarda a “evolução natural”, mas deve ser algo interessante, afinal, aos pouquinhos os olhos da humanidade (os olhos que nada vê!), na medida em que vão perdendo crédito e caindo em desuso, vão tomando o mesmo rumo que nossas caudas e caninos: simplesmente deixarão de existir! Quero dizer… como é que alguém não pode ver, perceber e crer no mal que a esquerda faz ao mundo (ou, no bem que a direita faz), mesmo diante de fatos tão cristalinos e exemplos tão patentes?

  4. Na mídia comunista, deram como se o presidente Trump tivesse se ajoelhado para a China, mas mas quando vemos a notícia como ela é vemos que foi o contrário.

  5. E a mídia dizendo que não dava pra peitar a China.E agora??O que os especialistas de plantão vão dizer??Nada,vão ficar com a mesma cara-de-pau de sempre na televisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close