Eleições 2018Notícias

TSE de olho no Facebook: conteúdo impulsionado por pessoa física é vedado

Ministro Luís Felipe Salomão determinou multa de R$ 10 mil por dia em caso de reincidência

Pela primeira vez, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aplicou na quinta-feira (13) a regra segundo a qual apoiadores não podem pagar por propaganda para candidatos na internet, em especial na forma de impulsionamento de conteúdo.

A norma, que consta da resolução sobre propaganda eleitoral, foi aplicada em um caso em que um empresário pagou para impulsionar no Facebook um conteúdo favorável a Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República.

A lei estabelece que pessoa física não pode fazer por motivo simples, seria impossível analisar na prestação de contas, geraria problemas”, afirmou o relator, ministro Luís Felipe Salomão. Ele determinou multa de R$ 10 mil por dia em caso de reincidência.

Todos os demais ministros do TSE o acompanharam.

Salomão decidiu não sancionar o Facebook, pois a empresa retirou do ar o conteúdo assim que foi solicitada. O ministro também entendeu não haver provas de que Bolsonaro tinha conhecimento do ato, motivo pelo qual eximiu o candidato de responsabilidade.

Fonte: Agência Brasil

Ver mais

Artigos relacionados

9 Comentários

  1. Quer dizer que o cidadão comum não pode fazer campanha com recursos próprios para o candidato que apoia? O Brasil cansa, mas tenho fé que essa corja está com os dias contados.

  2. .
    A massa popular apela aos comandantes e autoridades cuja força é apenas a OBEDIÊNCIA de seus SERVIÇAIS.

    Soldados e policiais mesmo de BAIXA REMUNERAÇÃO e futuro desanimador AINDA ASSIM OBEDECEM CEGAMENTE a seus “superiores”, dispondo-se a MATAR INOCENTES, MATAR INDEFESOS e mesmo MORRER em nome da OBEDIÊNCIA!

    …o ser humano é mesmo um animal tão curioso quanto qualquer outro:

    Depois de ADESTRADO ou CONDICIONADO é incapaz de tomar decisões independentes. Somente a OBEDIÊNCIA o motiva.

  3. O TSE proibiu pesquisas não oficiais, como a de Danilo gentile, sob o entendimento que divulgação de pesuisas INFLUENCIAM na VOTAÇÃO popular.

    Assim, não é permitido a publicação de pesquisas não oficias e por tal falsas, no intuito de não influenciar votações manipuladas.

    PÔ!!! …então esta admitindo que a divulgação de pesquisas INFLUENCIAM e não são, portanto, apenas pesquisas MAS SOBRETUDO PROPAGANDA ELEITORAL. …Aliás coisa ÓBVIA!

    Então as “pesquisas” oficiais funcionam mesmo como PROPAGANDA para os resultados desejados e mesmo FRAUDADOS nas URNAS inauditáveis e DENTRO do próprio TSE que não quer resultados auditáveis, verificaveis. Afinal DESCUMPRIU a LEI da FICHA LIMPA e somente em cima da hora o stf PROIBIU VOTAÇÃO AUDITÁVEL …e não é por acaso não.

    …mas curiosamente ainda assim os que serão lesados ainda divulgam e elogiam estas pesquisas, DANDO-LHES CREDIBILIDADE para LEGITIMAREM o RESULTADO FRAUDADO …mesmo que apenas no sentido de fabricar um congresso hostil.
    …Se bem que apresentam-se tão tranquilos, até para esfaquear candidato, que já não me surpreenderia que o candidato vítima de tentativa de assassinato perca. Afinal, os imbecis têm legitimado as pesquisas e até assumido que Hddad, um desconhecido e insosso candidato, pode ganhar num segundo turno. Assim os imbecis tentam “assustar” eleitores para uma vitória no primeiro, MAS NÃO PERCEBEM que ESTÃO FAZENDO o JOGO do SISTEMA. …PQP!!!

  4. Fico imaginando o dia que um destes defensores de bandidos vai dar uma ordem para prender um policial, que deu um sopapo num assassino, sendo absolutamente IGNORADO.

    Fico imaginando um dia quando um destes crápulas do stf der uma ordem, violando a lei, e os policiais o desprezarem por ser ordem contrária a lei.

    Fico imaginando quando um destes juizecos militantes, de qq instância, estabelecer segredo de “justiça” para proteger os criminosos das vistas da população, e os Policiais Federais mandarem eles a merda.

    O Poder destes crápulas é a estúpida OBEDIÊNCIA do rebanho.
    É absurdo que um ladrão, chefe de uma quadrilha, consiga fazer outros ladrões obedecê-lo em nome da “moral na quadrilha”. Ao ponto de a desobediência de um ladrão que rouba seu ladrão chefe seja punido por outros ladrões pobres iguais a ele com a morte. A fim de protegerem um ladrão chefe que fica com a maior parte do roubo.

    Como ladrões podem ter a moral que os proibe de roubarem o chefe que os explora? …COISA de HUMANOS, DEMASIADO HUMANOS!

  5. Não importa esse pessoal unido com o sistema. Os malfeitores podem pegar dinheiro onde quiserem, e serem soltos pela alta corte, mas e daí, isso já era prática comum dessa corja. O que importa agora é vencermos com Bolsonaro 2018. O capitão já fez a sua parte pelo povo brasileiro, resta-nos agora elegê-lo! Se Deus quiser, eles vão cair um por um. Vou orar por isso!

  6. E pessoa jurídica? pode? pois é o que acontece com muito partido por aí, recebendo dinheiro de empresas para impulsionar campanha de político.

  7. Interessante, você não pode usar do seu dinheiro para financiar campanha de político na qual vc acredita, mas é obrigado a aceitar que o dinheiro de impostos pagos por vc e por todos os brasileiros sejam gastos ao bilhões no fundo eleitoral. Esse país é uma piada de muito mal gosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close