fbpx

Veja quem são os deputados leais a Bolsonaro que foram punidos pelo PSL

 


O PSL suspendeu as atividades partidárias dos deputados da ala bolsonarista. A medida já havia sido anunciada pelo deputado federal Filipe Barros em sua conta no Twitter, conforme noticiou o Terça Livre.

Conforme a decisão PSL, estão suspensas as atividades partidárias de:

Alê Silva por 12 meses; Bibo Nunes, por 12 meses; Bia Kicis por 6 meses; Carla Zambelli por 6 meses; Carlos Jordy por 7 meses; Daniel Silveira por 12 meses; Eduardo Bolsonaro por 12 meses; General Girão por 3 meses; Filipe Barros por 6 meses; Junio Amaral por 3 meses; Luiz Philippe de Órleans e Bragança por 3 meses; Márcio Labre por 6 meses; Sanderson por 10 meses e Vitor Hugo por 7 meses.

Já os deputados Aline Sleutjes, Chris Tonietto, Hélio Lopes e Coronel Armando, receberam uma advertência.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

5 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Quer dizer que Bolsa família pode fazer parte da constituição, mas para psicopatas que estupram e matam não pode ter pena de morte defendida na constituição???

  • o crápula Bivar é quem deve ser punido por seus crimes de corrupção juntamente dom os ouros corruptos do psl. E isso vai acontecer com toda certeza. Essa cambada será expurgada da vida politica para sempre.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...