BrasilNotícias

Vice-presidente dos EUA chega ao Brasil para discutir Venezuela 

O vice-presidente americano, Mike Pence, chegará ao Brasil nesta terça-feira, dia 26. O encontro com o presidente Michel Temer (MDB) deve ter como principal questão a situação da Venezuela e as sanções ao regime ditatorial de Nicolás Maduro.

Nesta terça-feira, a reunião deve ocorrer por volta das 12 horas no Palácio do Planalto e na sequência um almoço no Itamaraty.

Diante do tema principal, Pence também visitará o amazonas, onde fica o centro de refugiados venezuelanos.

Pence ainda vai visitar o Equador. A temática é a mesma.

Vale lembrar que a Organização dos Estados Americanos (OEA) iniciou processo de suspensão da Venezuela por conta do descumprimento da Carta Democrática Interamericana. Isto já é fruto dos diálogos entre diversos países, como Brasil e EUA.

De acordo com o embaixador Fernando Simas Magalhães, a Venezuela de fato está na agenda. Ainda conforme Magalhães, ele disse que o Brasil vê “com satisfação” o interesse do vice-presidente dos EUA para verificar como o país tem lidado com a questão dos imigrantes.

Brasil e EUA querem ampliar o diálogo dentro do contexto regional. Magalhães ressalta a necessidade de discutir uma saída democrática para a Venezuela e a preocupação com as questões humanitárias.

Os EUA já estão, inclusive, contribuindo financeiramente com programas de ajuda a venezuelanos refugiados.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. DIPLOMACIA BRASILEIRA? QUAL?
    OS AMERICANOS NEM DEVERIAM PERDER TEMPO VISITANDO O BRASIL, ELES MAIS DO QUE SABEM QUE A REPUBLICA DAS BANANAS JA É COMUNISTA!!

  2. == > O Mike Pense devia colocar em destaque na agenda o Foro de São Paulo, com destaque para a participação do comunista Michel Temer em uma das reuniões de abertura da UNASUL, quando fez um empolgado e eloquente discurso, propondo a criação da Pátria Grande, com um Tribunal Continental; um Parlamento unificado e um Mercado Comum Sul-Americano, com ênfase comercial com os países socialistas.
    O ambicioso projeto continental seria denominado URSAL – União das Repúblicas Socialistas Latino-Americanas, com a integração total das nações do Cone Sul e da América Central, deixando de fora os países da América do Norte.
    O evento foi frequentado pela mais fina flor da arrogante bandidagem política, bem como dos membros mais notórios da cúpula dominante do narcotráfico das republiquetas sul-americanas, as verdadeiras escórias, alvo do plano de dominação opressora e exploração econômica da elite globalista.
    .
    #Desobediência_Civil_Intervenção_Punição_Restauração_Já!
    .
    Luiz Coelho em 26/06/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close