fbpx

Witzel oferece 3 secretarias e institutos por votos contra impeachment

witzel
 


O governo Wilson Witzel vai usar cargos de três secretarias que se encontram vagas, assim como de suas respectivas subsecretarias (7) e institutos (3), em troca de votos de deputados estaduais do Rio de Janeiro que o livrem do impeachment. 

As pastas do Turismo, Trabalho e Desenvolvimento Social —consideradas secretarias técnicas— serão oferecidas aos parlamentares que ainda se mostram indecisos.

Após decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que interrompeu nesta semana o processo de impeachment na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), o governador fluminense ganhou ao menos um mês para conseguir votos contra eventual afastamento — para isso, precisa do apoio mínimo de 35 parlamentares. 

Nas contas da cúpula do Palácio Guanabara, 42 deputados ainda podem se colocar contra o impeachment. Apesar de considerar a missão quase impossível, o governo corre contra o tempo para converter esses votos.

Fonte: Notícias UOL

Assista aos comentários da notícia:

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...